Meu filho é uma esponja? Como assim?

Atualizado: 11 de jun. de 2021


Você já percebeu que nossos filhos absorvem tudo o que falamos e fazemos?


Já se fez a pergunta do tipo “onde foi que meu filho aprendeu isso?” Eu já, várias vezes.


Mas é assim mesmo, a gente não lembra que, em algum momento, falou ou agiu de alguma forma que a criança observou e absorveu.


Se não fomos nós, pais, foram cuidadores, avós, professores… Alguém com quem a criança convive e se espelha.


Já comentei aqui que as crianças são excelentes ‘imitadores’ e 'péssimos intérpretes'.


Isso mesmo! Diferentemente dos adolescentes que questionam tudo, as crianças copiam as atitudes ou comportamentos de quem se espelham mesmo que ainda não entendam o sentido. Elas, simplesmente, repetem.


Por isso, dizemos que as crianças funcionam como ‘esponjas’, porque absorvem todos os estímulos, a todo momento e em qualquer local. Como estão em pleno desenvolvimento, tudo é novo e motivo de curiosidade, naturalmente.


Dessa forma, nossos filhos vão montando o quebra-cabeças da sua inteligência emocional e da sua história de vida.


Por volta dos 7 aos 10 anos, a criança constrói a base da sua pirâmide emocional, mas antes disso já pratica a observação e o processo de espelhamento, utilizando os neurônios espelho.


Quando começam a falar, então, passam a repetir a fala dos adultos com quem convivem ou até mesmo de personagens de histórias e desenhos que costumam assistir.


Todo esse conjunto de estímulos faz com que a criança sempre traga falas ou comportamentos que não foram, obrigatoriamente, ensinados a elas, pois foram aprendidos por meio da observação e repetição.


Antes de chamar a atenção da criança, brigar ou castigar, reflita se, em algum momento, você agiu de forma parecida ou se ela se espelhou em outra pessoa. Talvez, até um amiguinho que ela brinque e está imitando.


Assim, vale a pena os pais ficarem atentos aos comportamentos dos filhos e avaliar, quando a criança faz algo inadequado ou que não seja congruente com os valores dos pais.


O quanto vocês têm alimentado a esponja do seu filho? É possível educar com gentileza, firmeza e, além de tudo, com amorosidade.


Lembro que a Academia de Pais Conscientes também está no YouTube, no Instagram, nas plataformas de podcast como o Spotify, Apple, Google , no Telegram e no Facebook.

Deixe seu comentário, curta e se inscreva no Blog, para ser notificado, quando eu publicar um artigo novo. Se gostou do conteúdo e fizer sentido pra você, divulgue o Blog da APC pra quem você ama, pra um amigo, um educador ou pra quem você avaliar que eu possa ajudar.


Não escolhemos a forma como fomos educados, mas podemos decidir como vamos educar nossos filhos. E aí, qual a sua escolha?


Obrigada, um abraço e até o próximo artigo!

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo